HomeAGÊNCIA BRASILChuvas no RS: água volta a alagar ruas de Eldorado do Sul

Chuvas no RS: água volta a alagar ruas de Eldorado do Sul


A água voltou a alagar ruas em Eldorado do Sul, nesta quinta-feira (20), trazendo revolta e incerteza para os moradores do pequeno município gaúcho de 40 mil habitantes devastado pelas chuvas de maio. 

Estima-se que 97% da área urbana e 80% da área total do município ficaram submersas na maior catástrofe ambiental da história da região.

Em alguns locais ainda é possível ver, mais de 45 dias após a enchente, montanhas de entulhos, carros abandonados que foram arrastados pelas águas e até casas inteiras, daquelas de madeira, que foram deslocadas com a força da correnteza. 

A dona de casa Inês da Silva, de 47 anos, ainda tenta limpar a casa dela e está inconformada com essa situação.

A dona de casa contou que hoje vive de aluguel, mas que não vai conseguir pagar por muito tempo. Ela lembrou que a filha, de apenas 6 anos, pegou pneumonia no abrigo. Para Inês, a solução deve ser uma indenização para os atingidos escolherem onde querem morar.

Eldorado do Sul ainda tem 5,4 mil pessoas desalojadas e outras 557 em abrigos da cidade ou de municípios vizinhos.

O pescador artesanal Luiz Antônio Ceccon de Albuquerque, de 53 anos, está no principal abrigo da cidade com a esposa. Eles viviam no bairro da Picada, às margens do Rio Jacuí, uma das regiões mais vulneráveis às cheias.

Ele contou que tinha voltado para casa há apenas 15 dias, mas decidiu sair novamente por medo da água subir demais.

O local que Luiz vivia, às margens do Rio Jacuí, dificilmente terá condições de se manter depois da última enchente, na avaliação do vice-prefeito de Eldorado do Sul, Ricardo Alves.

A principal aposta da prefeitura para segurança dos moradores é a construção de um dique em volta do centro urbano da cidade, o que excluiria as comunidades das chamadas ilhas, no leito do Rio.

O projeto para construção do dique já existe há 12 anos, mas agora, com a enchente, o vice-prefeito acredita que ele deve sair do papel.

Segundo o vice-prefeito, a obra é estimada em R$ 460 milhões de recursos da União e gestão do governo do estado do Rio Grande do Sul. Ricardo Alves disse que falta apenas o projeto de execução da obra e afirmou que o governador Eduardo Leite prometeu realizar a licitação ainda este ano. Para Alves, o futuro de Eldorado do Sul depende dessa obra de contenção de cheias.



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

vale a leitura