HomeAGÊNCIA BRASILLula critica acúmulo de fortunas em evento da ONU sobre justiça social

Lula critica acúmulo de fortunas em evento da ONU sobre justiça social


Em evento da Organização das Nações Unidas (ONU), sobre o mundo do trabalho, o presidente Lula defendeu o trabalho digno, o combate à pobreza e a concentração de renda.

Enquanto o Brasil preside o G20, este ano, Lula criticou o acúmulo de fortunas e defendeu que os chamados “super-ricos” do mundo paguem impostos sobre a riqueza.  

A declaração foi nesta quinta-feira, em Genebra, Suíça, durante a participação do Fórum da Coalizão Global pela Justiça Social da OIT, Organização Internacional do Trabalho.  
Outro assunto que o presidente já havia adiantado que vai sempre levar ao debate internacional é a inteligência artificial. O presidente brasileiro defende a inclusão digital como forma de garantir o acesso a essa ferramenta.  

Outro assunto que o Presidente Lula costuma comentar nos encontros internacionais voltou ao discurso dele: as regras para as cadeiras permanentes no Conselho de Segurança da ONU.

O Brasil é membro do colegiado, de forma não permanente.  

Ainda na declaração, o presidente Lula comentou sobre o acordo entre Brasil e Estados Unidos, para promoção do trabalho digno e decente. E mencionou a transição energética como forma de conter o avanço das crises climáticas.  

Depois da declaração no evento da OIT, na Suíça, o presidente Lula segue para a Itália, onde participa, nesta sexta e no sábado, da Cúpula do G7, o grupo das SETE maiores economias do mundo. 



Source link

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

vale a leitura